Olá pessoal!

Qual o tipo de terraço correto para economizar adubo na sua área?

Nesse artigo, quero abordar sobre um erro que muitos produtores comentem em suas propriedades. 

A não construção de terraços, ou a construção de terraços de forma equivocada.

Isso mesmo, ao percorrer as propriedades, o pessoal para ter uma maior rendimento operacional evita construir terraços na área.

Ou quando constroem, são terraços de base de larga.


Ao construir o terraço, não leva em consideração o tipo de terraço mais apropriado para sua área.

O resultado é a descapitalização do seu maior patrimônio.

No caso o solo, juntamente com toda a adubação que já foi realizada na área.


A largura da base do terraço é de acordo com a declividade do terreno.

Se a declividade do terreno for menor do que 6%, o recomendado é construir terraço de base larga (6 a 12 m).

Se a declividade do terreno for entre 6 a 8%, o recomendado é construir terraço de base média (3 a 6 m).

Se a declividade do terreno for maior do que 8% o recomendado é construir terraço de base estreita (2 a 3 m).

O respeito a estas medidas de largura do terraço e a declividade do terreno, é fundamental para o controle da água da chuva na área.



Tipos de terraços


Existem diversos tipos de terraços, quero destacar dois tipos. O primeiro tipo de terraço é conhecido como Mangum que tem dois canais.

A construção do terraço tipo mangum é com o uso do terraceador e com o arado fixo.

O terraço tipo Mangum é recomendado em terrenos de menor declividade, já que, a o canal é mais raso e largo.


O outro terraço que quero destacar é conhecido como Nichols que tem um canal.

A construção do terraço tipo Nichols é com o uso do do arado reversível.

O terraço tipo Nichols é recomendado em terrenos de maior declividade, já que, o canal é mais profundo.

Uma pergunta que escuto bastante. 

Posso plantar dentro do canal e em cima do terraço?

Pode sim, mas não em todas as situações. A recomendação é a seguinte.

Em terraços de base larga pode plantar no canal e em cima do terraço (Figura 1).


Foto -Plantio em terraço de base larga.

Figura 1 - Plantio em terraço de base larga.



Em terraços de base média não pode plantar no canal, mas pode plantar em cima do terraço (Figura 2).
Foto Plantio em terraço de base média.
Figura 2 - Plantio em terraço de base média.


Em terraços de base estreita não pode plantar no canal, nem em cima do terraço (Figura 3).
Foto Plantio em terraço de base estreita.
Figura 3 - Plantio em terraço de base estreita.


Lembrando, a construção de terraço na área tem um custo alto.

Por isto, faça um planejamento correto do tipo de terraço a ser implantado na área, levando em consideração a declividade do terreno.


Após a implantação do terraço, evite o plantio inadequado seja no canal ou em cima do terraço sem levar em consideração o tipo de terraço.

Na maior parte dos casos, é dinheiro jogado fora com sementes e adubos quando plantado em canais de terraços do tipo base estreita e média.


Bom pessoal, diante de tantas informações. Fica a pergunta.
Você profissional, consultor das ciências agrárias. 


Nas áreas que vocês prestam consultoria, os terraços são adequados?


Deixe sua resposta nos comentários.


Até a próxima!


Referências: 

Faça um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem